quinta-feira, 19 de abril de 2012

Dia do Índio - um pouco sobre a cultura indígena


O Dia do Índio, 19 de abril, foi criado pelo presidente Getúlio Vargas através do decreto-lei 5540 de 1943, e relembra o dia, em 1940, no qual várias lideranças indígenas do continente resolveram participar do Primeiro Congresso Indigenista Interamericano, realizado no México.

Estimativas da população indígena na época do descobrimento apontam que existiam no território Brasileiro, mais de mil povos, sendo de quatro a cinco milhões de indígenas. Hoje temos os seguintes dados que apontam o quanto a população indígena foi diminuindo:

População Indígena
 
Há grande diversidade cultural entre os povos indígenas no Brasil, mas há também características comuns:

•   A habitação coletiva, com as casas dispostas em relação a um espaço cerimonial que pode ser no centro ou não.Em cada habitação morava de setenta a oitenta casais com suas famílias que, à noite, acendiam fogueiras e dormiam em redes. Quando a aldeia ficava não muito longe das dos inimigos era cercada por duas ou três paliçadas de troncos de árvores. Normalmente ficavam em cada aldeia até que as palhas que cobriam as habitações apodreciam, o que levava de três a quatro anos. Algumas tribos, como os aimorés, não construíam aldeias. Simplesmente limpavam uma área e dormiam debaixo das árvores mantendo, à noite, fogueiras acesas.





•   O amplo conhecimento da produção de bebidas fermentadas a partir de tubérculos, raízes, folhas, sementes e frutos. Alguns exemplos de bebidas são: tarubá, mocororó ou makururu, tiquira, caxiri ou caxiry, chibé, aluá e cayssuma, açai, buriti, tucupi, etc.

Um exemplo, o caxiri, sempre preparado pelas mulheres, é uma bebida fermentada indígena, um tipo de cerveja, à base de mandioca e consumida em todas as aldeias da região. O caxiri é preparado em grandes quantidades durante as festas indígenas e os mutirões, ou trabalhos coletivos, na derrubada ou plantio das roças. É também uma bebida que permite ao pajé o acesso ao mundo do sobrenatural, durante os rituais do Turé e da tocai. Nestas ocasiões, tanto o pote quanto o caxiri, transformam-se em “entidades sobrenaturais”, presentes também na cosmologia indígena.



Receita:

Bebida Caxiri

















Ingredientes
milho seco ou milharina
água
açúcar

Modo de preparo
Mistura todos os ingredientes numa panela, leve ao fogo e misture ate virar um mingau. Depois deixe fermentar (azedar) por dois ou três dias. Por ultimo bata no liquidificador e sirva.
* Não encontrei receita com mandioga, mas o procedimento é semelhante. É recomendável que o preparo seja feito por pessoas com conhecimento específico.


•   A arte como parte da vida diária, encontrada nos potes, nas redes e esteiras, nos bancos para homens e mulheres, e na pintura corporal, sempre presente nos homens.


Pintura

Cestas


Cerâmica Marajoara
Cerâmica Marajoara

Utensílos de Cerâmica


Bracelete

Escultura Indígena
 

Utensílio em Cerâmica



Urucum para pintura
Pintura corporal

 

•   A educação das crianças era compartilhada por todos os habitantes da aldeia. A mãe amamentava o filho até aos oito anos, conquanto não tivesse outro no período. A criança era carregada o tempo todo pela mãe ou pelo pai. Se fosse menino, o pai lhe ensinava logo cedo a manejar o arco e a flecha, a construir balaios e outras lidas. Quando menina, a mãe a introduzia no míster de fiar algodão, tecer redes e fabricar enfeites para o cabelo.



•   Quanto à família, esta podia ser monogâmica ou poligâmica.

•   Deixaram forte herança na culinária brasileira, com pratos à base de mandioca, milho, guaraná e palmito, tais como pamonha e biju; a arte indígena também foi assimilada à brasileira em objetos; uso de redes e jangadas, canoa, armadilhas de caça e pesca; no vocabulário: em topônimos como Curitiba, Piauí etc., em nomes de frutas nativas ou de animais como caju, jacaré, abacaxi, tatu. E deixaram no brasileiro hábitos como o uso do tabaco e o costume do banho diário.

•  Da culinária indígena à base de mandioca foram adotadas a farinha fina, de carimã, o mingau e o beiju, também chamado de tapioca.


•  Dos alimentos vegetais herdados dos indígenas, além da mandioca e do milho incluem-se a batata-doce, cará, pinhão, cacau e amendoim. O caruru, a serralha e o palmito foram também introduzidos por eles. Quanto a frutos, os mais comuns são o mamão, o araçá e o caju, embora haja dezenas de outros hoje pouco comuns ou de conhecimento apenas de pessoas que vivem em regiões onde eles ainda ocorrem como: abajeru, amaitim, apé, araticum, azamboa, bacaba, bacupari, bacuri, caiuia, camboim, cambucá, camichã, curuanha, curuiri, guti, gravatá, grumixama, guajirí, guapuronga, embaúba, jataí, mocurí, mucujé, mundururu, murici, pajurá, penão, ubaia, ubucaba e umari. Outros vegetais introduzidos pelos indígenas foram fibras como o algodão, o tucum e o guaratá bravo; para fazer vassouras, a peipeçaba (piaçava ou piaçaba); gêneros de abóbaras para produzir cabaças, usadas para armazenar água ou farinha. Dos alimentos derivados de animais destacam-se os de tartarugas e seus ovos como o arabu, o abunã, o mujanguê e o paxicá. Provenientes de peixes: paçoca e o moquém (também podem ser de outros animais), o piracuí, a moqueca indígena e a mixira.


Receitas: 

 Beiju














Ingredientes
- 100g de goma de mandioca peneirada
- 1 peixe pequeno de sua preferência
- pimenta a gosto
- sal a gosto

Modo de Fazer
Coloque a goma em uma panela e leve a panela ao fogo para fazer o beiju. Asse o peixe para fazer o moqueado misturando-o com bastante pimenta e um pouco de sal (os índios socam o tempero em um pilão). O moqueado é o recheio do beiju.



Moqueca de banana picante
















Ingredientes
- 1 pimentão verde picado
- 1 pimentão vermelho picado
- 1 pimenta dedo de moça
- 1 cebola picada
- 1 tomate picado sem semente e sem pele
- 1 litro de leite de coco
- Banana da terra picada (quantidade a escolher)
- Farinha de trigo
- 1 colher de azeite
- 1 colher de azeite-de-dendê
- Sal a gosto
- Alho picado a gosto

Modo de fazer
Aqueça o azeite e o azeite de dendê em uma panela e refogue os pimentões, a pimenta, a cebola, o alho e o tomate. Depois de refogada a mistura, acrescente 1 litro de leite de coco e deixe apurar. Corte a banana da terra em rodelas, passe os pedaços na farinha de trigo e frite em uma panela separada. Em seguida, seque as bananas com papel toalha e coloque os pedaços na panela com o refogado. O prato pode ser servido com purê de mandioca.


Dez municípios brasileiros com maior população indígena

Segundo dados do recenseamento de 2000, feito pelo IBGE, dos dez municípios brasileiros com maior população autodeclarada indígena, cinco estavam na Região Norte e dois na Região Sul. Os três restantes são no Nordeste, Sudeste e Centro Oeste, desmontando o caráter ubíquo da população autóctone do Brasil.

1) São Gabriel da Cachoeira (AM) – 76,31%
2) Uiramutã (RR) – 74,41%
3) Normandia (RR) – 57,21%
4) Santa Rosa do Purus (AC) – 48,29%
5) Ipuaçu (SC) – 47,87%
6) Baía da Traição (PB) – 47,70%
7) Pacaraima (RR) – 47,36%
8) Benjamin Constant do Sul (RS) – 40,73%
9) São João das Missões (MG) – 40,21%
10) Japorã (MS) – 39,24%


Fonte:
http://www.educacional.com.br
http://eduluz.wordpress.com
http://www.informacaonutricional.net
http://pt.wikipedia.org
http://g1.globo.com
http://www.receitastipicas.com
http://www.jangadabrasil.com.br
http://www.sempretops.com/fotos/oca-indigena-fotos/
http://acritica.uol.com.br/amazonia/Amazonia-Amazonas-Manaus-Adicao-tradicional-alcoolismo-indigenas-Amazonas_0_481752150.html
http://www.panoramio.com/photo/1264857

Tags
Dia do Índio, Indio, Indigena, Cultura Indigena, Arte Indigena, Culinária Indigêna, Indian Day, Indian, Indigenous, Indigenous Culture, Indigenous Art, Cooking Indigenous

2 comentários:

  1. muito boa a matéria. e parabéns aos indíos de nosso pais.

    ResponderExcluir
  2. En México pasa lo mismo, la población indígena a disminuído considerabalemente, y es una tragedia. Qué bueno que lleven a cabo estas acciones!

    ResponderExcluir

Curta nossa página no facebook!

Curtiu? Compartilhe