terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Dia do Arquiteto - Parabéns ao Arquiteto que tem o poder de materializar sonhos e seu mundo de imaginação

Não é à toa que "O Arquiteto" tem seu próprio Dia, ele tem um papel importante na organização e bem estar de pessoas. Ao lado de outras profissões que são vitais a população, como o médico, o professor, o arquiteto também está sempre atuando em nossas vidas no que diz respeito a organização de espaços privados e públicos, no sentido de dar qualidade de moradia, lazer, saneamento, conforto, mobilidade e segurança.


"A arquitetura começa quando você junta dois tijolos com cuidado. Aí ela começa."
Ludwig Mies van der Rohe



Atualmente a profissão de um Arquiteto não é reconhecida por todos ou por muitos, o que as pessoas não descobriram ainda é que tudo que se coloca em uma casa ou dentro dela pode ter um toque de um Arquiteto. Ou sua casa pode ser colocada sob um local projetado por um Arquiteto Urbanista. Não se esqueça das áreas verdes e adaptadas para você se locomover com conforto, pois o Arquiteto também botou seu dedo lá.

“Eu não entendo por que as pessoas contratam arquitetos e depois dizem-lhes o que devem fazer.”
Frank O Gehry


Sem arte? GEHRY: Sem arte, sem arquitetura, sem música... 

Como o senhor vê o futuro da arte? 
GEHRY: Acho que as prioridades foram para o buraco por causa da recessão. Estão tirando dinheiro da educação. Mas sou apenas um observador, não posso resolver todos os problemas. 
Frank O Gehry - Entrevista para O Globo em 2010




Vamos parar de lamentação e tratar da parte boa e bela, pois o verdadeiro Arquiteto é um artista, é um filósofo e um construtor de sonhos para não falar em ideais. Temos linhas a traçar, caminhos a percorrer, a criatividade para sonhar, a paixão para continuar, qual o limite? O limite do Arquiteto está no tamanho da paixão pela sua arte, por onde olhas terás um trabalho a fazer e um material para transformar em função. A função está relacionada a necessidade e ao capricho do ser. Um trabalho pode atingir um sentido funcional ou apenas decorativo, mas o ideal de um arquiteto é unir ambos. Outro valor a se agregar nestes sentidos é o conforto e o preço. Que tarefa difícil e abstrata, não é?


“Eu trago para vocês uma nova Declaração de Independência [...] Uma arquitetura orgânica significa nada mais e nada menos que uma sociedade orgânica. Os ideais orgânicos na arquitetura recusam as regras impostas por um estetismo exterior e pelo mero gosto, como as pessoas a quem esta arquitetura pertence repudiará as imposições que estão em desacordo com a natureza e o caráter do homem [...] Demasiadas vezes ao longo da história a beleza foi contrária ao bom senso. Eu acredito que chegou a hora em que a beleza deve ter um sentido. Nesta época moderna, a arte, a ciência e a religião se encontrarão, se tornarão a mesma coisa, e tal unidade será alcançada por meio de um processo cujo centro será a arquitetura orgânica. “
Frank Lloyd Wright - Conferência em Londres - 1931




Acredito que a estética, conforto e função são parâmetros fundamentais para a qualidade de uma edificação, mas há muito tempo vem se falando da necessidade de tratar o meio ambiente com respeito. A natureza nos dá condições vitais para habitar lugares, nos séculos passados houve destruição em massa de florestas, contaminação de rios, retificações de morros, impermeabilização de grandes áreas e poluição de ares. Precisava de tudo isso? Poderíamos ser menos inconsequentes, mas ainda resta vida e tempo para um reparo. O que Deus não construiu, o Arquiteto constrói com seu poder criativo e intelectual, sim a inteligência do Arquiteto hoje deve estar aliada com a conscientização sobre os impactos gerados negativamente a natureza. Fazer uma arquitetura que se molda ao natural e a não agride é indispensável para respeitá-la. Como diz o ditado "o limite de um termina quando começa do outro", com a natureza funciona com a mesma base teórica. Simples assim.


"O mais importante não é a arquitetura, mas a vida, os amigos e este mundo injusto que devemos modificar".
Oscar Niemeyer em entrevista à Revista Isto É, edição 132, 11/02/2002

"Quando uma forma cria beleza tem na beleza sua própria justificativa."
Oscar Niemeyer 

"De um traço nasce a arquitetura. E quando ele é bonito e cria surpresa, ela pode atingir, sendo bem conduzida, o nível superior de uma obra de arte."
Oscar Niemeyer no Livro Conversa de Arquiteto

"No início, me criticaram muito", disse. "Diziam que meu trabalho era muito revolucionário. Mas isso me impulsionava a fazer meu trabalho com mais empenho. Sempre fiz o que gostava."
Oscar Niemeyer



O que a natureza não supriu para as nossas necessidades, o Arquiteto veio e criou para servir aos nossos caprichos de desejar sempre mais. Desejar sempre melhorar é correto, mas desejar incansavelmente mais sem saciedade, é doença do vazio gerada na modernidade. Acho que o Arquiteto deve estar em alerta a estas questões, pois o consumismo como parte de satisfação pessoal não agrega beleza artística, mas agrega à Arquitetura o status e a aproxima do capitalismo que torna o trabalho muito privado. O Status na arquitetura deve estar relacionado ao "Belo" e não ao "Poder".

"A mente dos cidadãos e a tecnologia sofisticada (tecnologia da informação) estão substituindo matéria prima e força muscular. A rede de criatividade está agora dirigindo a nova economia criativa. As trocas entre arte e tecnologia – troca de idéias em vez de troca de produtos – estão se tornando a seiva vital da nova economia e de nossa prosperidade futura."

Richard Rogers - Livro Cidades para um pequeno planeta 





“Vestir fachadas com qualquer estilo que seja possível aparafusar... Estruturas estéreis, com suas modernas fachadas clássicas, neo-vernáculas, como se escolhidas a partir de um catálogo de fachadas, não têm qualquer ligação com a comunidade ou o lugar.” 
Richard Rogers - Livro Cidades para um pequeno planeta 





Arquitetura é uma tarefa difícil que está sempre sob grandes expectativas de terceiros, estes anseios que se submetem ao consciente e inconsciente das pessoas, pois nem todos sabem dos fundamentos e importância de cada obra ou recurso utilizado. Por isso há responsabilidade no trabalho do arquiteto, este tem o dever de pensar em fazer o melhor para o coletivo até chegar ao individuo.  Apesar de não saber explicar o que algo tem de bom ou ruim, muitos percebem quando há qualidades em uma edificação, objeto ou espaço. 


"Como arquiteto, é possível fazer um projeto sem conhecer bem o local. Mas eu jamais construí alguma coisa sem antes ter passado bastante tempo na cidade. Lugares contam histórias. Basta calarmos nossas vozes e escutarmos cada tom. Devemos escutar com cuidado, não é algo muito evidente. É como entrar num quarto completamente escuro: precisamos de um minuto para enxergar alguma coisa. Isso é algo que adoro fazer. É a primeira fonte de inspiração."
Renzo Piano em entrevista de Tania Menai 



“O artista é aquele que consegue dominar uma techné e usá-la para realizar seu objetivo, que é a arte. O arquiteto alcança aquilo que é útil por meio da história e o transforma em algo novo: é o que fazem os artistas. Mas a arquitetura é o espelho de muitas coisas. Digo sempre que a arquitetura é uma arte de fronteira, porque é continuamente contaminada por mil coisas, fecundada por mil expressões artísticas que pertencem a outras disciplinas. Tudo serve para fecundar a arquitetura. Por isso, escolhi misturar as disciplinas assim como faz um pintor com as cores da paleta. Eu não busco a diferença entre as artes e as ciências, busco a similitude; não busco as dissonâncias, mas as assonâncias.”
Renzo Piano no Livro As Responsabilidades do Arquiteto






A qualidade do espaço construído e da edificação está relacionada ao conhecimento global do Arquiteto. Hoje o Arquiteto projeto aqui e lá, em qualquer lugar. Um bom projeto é aquele que está moldado ao seu entorno, a cultura local, a necessidade da população e aos materiais disponíveis. Estar sempre atento ao que acontece no mundo, nas comunidades e nas novas tecnologias é uma qualidade que favorece o trabalho de criação. É importante levar novas tecnologias ao antigo, mas também manter o antigo enraizado para que a essência local e existente não se perca por uma intervenção de descaracterização.



“...já foi muito difícil ser mulher no mundo da arquitetura. No Reino Unido e na América ainda há barreiras, e em geral não gostam de estrangeiros, muito menos dos que fazem uma arquitetura divertida...”

Zaha Hadid em entrevista para AU



“Arquitetura não é arte, precisa ter função. A arte é um campo de conhecimento muito importante para a arquitetura, mas as duas são coisas diferentes. Posso me inspirar na arte, nos artistas, mas não somos parecidos. A arquitetura tem estrutura, organização lógica em planos, elementos, enfim, que não pertencem ao mundo da arte. Você pode até criar um esquema que tenha composição artística, mas precisa trabalhar além dele..."

Zaha Hadid em entrevista para AU


“Há conhecimentos e referências a se buscar em cada país, como o uso de domos no México, por exemplo. Mas acho que essa ideia de migração pressupõe que a referência se transforme em algo diferente quando transportada para outro lugar. Isso é algo que me interessa. E, além disso, o desenvolvimento dos materiais está muito avançado. Há termomoldagem plástica e tecido de concreto, por exemplo, coisas ainda em evolução mas que são muito interessantes. Acho que o estágio seguinte desta pré-fabricação será utilizála para fazer todo o prédio, a fachada e os elementos internos. Na China e na Ásia já há algo desse tipo.”

Zaha Hadid em entrevista para AU





O Arquiteto se desdobra em multitarefas para buscar a harmonia da implantação de um trabalho, ele é o cara que Sonhador, Filósofo, Desenhista, Vendedor, Paisagista, Decorador e Urbanista. A alma de um projeto vem deste desenvolvimento conceitual até colocar no papel a criação, que seria o corpo. Penso que na necessidade de conceber algo novo, como uma edificação, que seja como um filho, este que esperamos saudáveis, inteligentes, educados, respeitosos e bonitos. Este filho que no futuro não nos causará transtornos e nos dará orgulho do seu desempenho.


"Para mim, é justamente o rigor da engenharia que alça a arquitetura a um patamar mais elevado".
Santiago Calatrava

“A arquitetura é um legado para o futuro. Um museu, por exemplo, não pode ser pensado apenas para nós, mas para os que dele vão usufruir mais à frente.”Santiago Calatravas em palestra realizada em maio deste ano no Brasil.








Para finalizar esta reflexão, menciono sobre a importância de ter ética profissional, de saber respeitar o seu tempo e as necessidades das pessoas e cidades. Cuidar da história preservando o patrimônio antigo que eterniza a evolução cultural de um local através de seus prédios, adaptar estes patrimônios às novas necessidades sem destruí-los e trabalhar neste contextos materiais e recursos apropriados para não agredir ou descaracterizar todo o conteúdo. Outro ponto importante é redução de impactos ambientais para preservação do natural e da energia vital que precisamos, buscando materiais regionais, recursos que consumam e priorizam as energias renováveis. Por fim a estética deve estar andando junto com a função e o conforto, assim como o privado deve voltar a se fundir com o público.

No meu ponto de vista, o arquiteto não caminha sem conhecimentos interdisciplinares, ele deve imaginar com um bom conceito de engenharia e de design de interiores, para conceber a casca arquitetônica, esta que vai salvaguardar todo seu conteúdo e não esquecer de que o contexto faz parte do partido arquitetônico.



É por cada desafio materializado que parabenizo todos arquitetos, pois quando se decide se tornar um arquiteto não sabe o tamanho do mundo que esta entrando. O arquiteto tem em suas mãos e sua mente o poder de construir sonhos e materializar seu mundo de imaginação. É um espetáculo. 





Dia 11 de dezembro, dia do arquiteto e engenheiro. Parabéns.




Escrito e Editado por Cibele Brito


Sites interessantes:
http://oglobo.globo.com/blogs/prosa/posts/2010/12/11/a-arquitetura-metafisica-de-frank-gehry-348438.asp

http://www.revistaau.com.br/arquitetura-urbanismo/218/ela-materializa-o-fantastico-do-estigma-da-arquitetura-do-258007-1.asp

http://pt.wikiquote.org/wiki/Oscar_Niemeyer

http://www.aedificandi.com.br/aedificandi/N%C3%BAmero%202/2_pequenoplaneta.pdf

http://www.calatrava.com

http://veja.abril.com.br/230610/criador-predios-espetaculares-p-136.shtml

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Curta nossa página no facebook!

Curtiu? Compartilhe